sábado, 24 de setembro de 2016

Bolo de cocô molhadinho by yammi2

Ingredientes:

Bolo:

-5 ovos
-300 gr de açúcar
-250 gr de leite
-300 gr de farinha tipo 55
-1 c. chá de fermento p/ bolos

Molho:

-200 gr de leite de coco
-200 gr de leite
-380 gr de leite condensado
-coco ralado q.b. p/ polvilhar

Preparação do bolo:
  1. Pré-aqueça o forna a 180º. Forre um tabuleiro (33x23 cm aprox.) co
    papel vegetal e reserve.
  2. Insira o misturador .Coloque no copo os ovos e o açúcar e bata 9 min/ 37º/ vel 4
  3. Adicione o leite e envolva 10 seg/ vel 4.
  4. Adicione a farinha e o fermento e envolva 20 seg/ vel 4. Coloque no tabuleiro e leve ao forno a 180º cerca de 25 minutos ou até cozer.

Preparação do molho:
  1. Coloque no copo o leite de coco, o leite e o leite condensado e misture 10 seg/ vel 6.
  2. Corte o bolo em quadrados e deite o molho por cima.
    Deixe descansar cerca de 1 hora. Polvilhe os quadrados com o coco ralado e leve ao frigorífico cerca de 12 horas. Sirva fresco.



 Adaptada de  MP Nº 48 - Novembro 2014

By Ana

domingo, 4 de setembro de 2016

Compota de Frutos Vermelhos SEM AÇÚCAR!


E se vos dissesse que podem fazer compota de fruta, sem açúcar?
É verdade! Descobri esta maravilha recentemente e já não quero outra coisa!
É muito bom, saudável ... então não podia ser melhor!
Podem fazer com a fruta que preferirem ...
até com legumes podem fazer (como abóbora... courgette) mas esses ainda não experimentei!
Precisam de ter fruta bem madura, mas sem estar madura demais, pois estas compotas não têm tanta validade. Por este motivo, devem fazer em pequenas quantidades e colocadas em frasquinhos pequenos e esterilizados, e reservados sempre no frigorifico para não estragar e consumir rapidamente. Podem optar por congelar em pequenas porções e ir retirando conforme vão consumindo. Basta retirar do congelador e deixar no frigorifico para descongelar.
Esta compota torna-se ainda mais perfeita se usarem fruta biológica... aí sim, ficam com um produto maravilhoso para juntar ao iogurte ou numa torrada.
Usar sempre colheres limpas a cada utilização, também ajuda a que não estrague.
Como não usamos açúcar, também a textura da compota pode não ficar tão gelatinosa, mas isso facilmente se resolve juntado sementes de chia.

Vou indicar os ingredientes que precisam para fazer as vossas compotas e dar o exemplo do que usei para fazer esta compota de frutos vermelhos:



Ingredientes:
- Fruta madura a gosto (usei morangos e amoras selvagens - 450gr)
- Mel ( usei 5 colheres de sopa pois meus morangos não estão tão doces. Devem provar e ajustar o sabor... mas note-se que esta compota não vai ficar tão doce como as naturalmente feitas com açúcar)
- Sementes de Chia (usei 2 colheres de sopa)
- 50 ml de água (frutas com muito sumo não precisa)

Preparação:
Coloque a fruta (descascada se for o caso) lavada e cortada em pedaços numa panela ao lume destapada.


Junte a água e o Mel e deixe cozinhar.
Quando notar que a fruta começa a murchar, esmague a gosto (se preferir pode triturar).

Com o cozimento a água vai-se evaporando e fica mais concentrado.
Para ajudar a espessar junte a chia, mexa bem e desligue o lume. Deixe cozinhar mais um pouco com o calor residual...
Até parece que levou açúcar, vejam que até faz o "ponto estrada" ;)




Espero que gostem!

By Carla


domingo, 28 de agosto de 2016

Pão de Alfarroba [Low carb... Gluten Free]


Hoje trago-vos uma receita de um pão low carb e gluten free que tem sabor muito agradável ... gostei bastante...
É claro que quem pretende cortar em carbohidratos ... gluten e açúcar, bem pode esquecer o carateristico pão com farinha de trigo ... não há igual, nem semelhanças! Esta informação não quer significar que o mundo desmoronou ... mas que se descobre outros sabores e outras textura que não são obrigatoriamente um desastre :)
... e não é um adeus ao pão quentinho com manteiga nem um adeus à torrada ... digamos que é um novo OLÁ! :)

Pão de Alfarroba




Ingredientes:

·  125g de farinha de sarraceno
·  125g de farinha de mandioca
·  50g de farinha de alfarroba
·  4 ovos
·  200 ml de água
·  1 cchá de canela
·  2 csopa  mal cheias de óleo de coco Óleos Vida (ou 3 csopa de azeite)
·  1 ccafé de sal
·  1 cchá de fermento
·  1 csopa de mel (opcional)
·  Sementes de sésamo a gosto (facultativo)

Preparação:
Numa tigela grande junte todos os ingredientes secos, depois misture os líquidos e bata bem. Por fim junte o fermento e verta o preparado numa forma forrada com papel vegetal, polvilhe a superfície com as sementes de sesamo e leve ao forno, por 25 minutos a 180°.

Notas: quando arrefece, corto em fatias e congelo separadas, vou retirando conforme preciso e guardo no frigorifico. Aguentambem vários dias no frigorifico :)
Espero que gostem!
By Carla
Fonte: Tell Me About Food

***
Nesta receita, usei óleo de coco.
Recentemente tenho vindo a modificar a minha alimentação e então tenho experimentado ingredientes e sabores diferentes, felizmente com boas experiências e bons resultados.
O óleo de coco entrou na minha vida e não vai sair mais, é uma gordura boa, da qual não devemos ter medo. Há várias marcas no mercado, experimentem ... mas escolham sempre o óleo prensado a frio, o menos industrializado possível para ter melhor qualidade.
Óleos Vida apresentou-me este que me tem cativado a cada experiência!
Este óleo não tem sabor a coco, o que o torna mais versátil!
Vem nua embalagem de 1000ml e a um preço bastante convidativo comparando com outras marcas no mercado.
Quando comprarem tenham especial atenção se ele foi extraído a frio, pois só assim têm um produto de qualidade.
No meu dia a dia está presente no café turbinado , para untar a frigideira, para incluir quer em receitas doces ou salgadas ...
Em breve partilharei mais receitas onde o incluo! Recomendo vivamente!


segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Gelado de Abacate, Cacau e Framboesa [sem açúcar]



Mais uma semana que promete ser de calor ... e a estrear o mês de agosto ... o mais desejado do ano ... o mês das férias ... então nada melhor que começar com uma linda receita de um gelado muito bom ... saudável ... sem açúcar ... maravilha ...
e receita apresentada no dia 1... já sabem que é ia de Dia Um na Cozinha ... e neste 39º desafio, o tema é gelados ... maravilha não é! já estou a imaginar o desfile que se avizinha no grupo ...
Esta invenção ancestral dos chineses, que começaram por misturar neve com polpa de fruta há mais de três mil anos, é muito mais do que uma guloseima. 
Não têm, por isso, razão para se sentirem culpados por comer um gelado ao lanche ou à sobremesa.

Até porque a maioria tem por base ingredientes fundamentais para a saúde, como o leite, fruta e chocolate que, quando integrados num estilo de vida saudável e numa alimentação equilibrada, são uma alternativa para ingerir diferentes nutrientes como cálcio, potássio, magnésio, ferro, sais minerais e vitaminas.
Como se isso não bastasse, são óptimos antioxidantes e é este lado nutricional que importa conhecer… Deixem pois de lado a "ideia feita" de que são apenas guloseimas! 
Independentemente do tipo de dieta que seguem é sempre possível fazer um gelado delicioso ... mesmo sem adição de açúcar, ou gluúten, ou lactose ... aceitem o desafio do calor e ponham mãos à obra ...
o gelado que hoje vos trago é sem açúcar ... e uma maravilha ... 
ora vejam


Ingredientes

Creme de abacate

- Mel a gosto (usei cerca de 3 colheres de sopa)

- 1 abacate maduro

- 2 colheres (sopa) de cacau

- 1,5 colher (sopa) de pasta de avelã


Creme de Framboesa

- Framboesas a gosto

- 1 Iogurte grego escorrido

- 1 colher (sopa) de mel


Preparação

Misture todos os ingredientes e triture muito bem até ficar o mais 

cremoso e uniforme possível. Prove, se quiser mais doce, acrescente  
mais mel.

Levar framboesas, junte ao iogurte e mel e triture muito bem.

Começar por colocar o creme de abacate em 3/4 da forma de gelado, e 

encher o restante com creme de framboesa. Repetir o procedimento em 

todos os gelados. 

Coloque um pauzinho em cada um deles e levar ao congelador 5-6 

horas ou idealmente de um dia para o outro.

 





Nota: para adoçar o gelado, pode usar tâmaras ou banana que também 

funciona muito bem.

Pode substituir as framboesas por morangos ou outro fruto que goste.

A Inspiração para este gelado veio daqui, visitem o blog Basta 

Cheio... repleto de coisas boas e muito bom gosto :) 



Espero que gostem!

By Carla

domingo, 31 de julho de 2016

Delícia de Pêssego light



Os pêssegos estão ai e embora este ano não tenha sido muito feliz para este delicioso fruto, os poucos que cresceram, devem ser saboreados com muito prazer ...
há muitas variedades, mas as minhas preferidas são as nectarinas e os paraguaios ...
Nesta receita que hoje vos trago usei paraguaios, mas podem usar outra variedade que prefiram, ou mesmo trocar o sabor da gelatina e a fruta para outra que prefiram.
É uma receita bem simples de preparar, e com um inpacto visual muito apelativo, e nem por isso é preocupante para a dieta, pois podem optar por gelatinas sem açúcar.
Fiz esta sobremesa a pensar no mês do pêssego promovido pelo Blog Intrusa na Cozinha ... apareçam por lá e vejam que receitas inspiradoras vão surgir com este fruto da época.



Ingredientes:
- 3 saquetas de gelatina de pêssego sem açúcar
- 3 claras de ovo
- 1 pitada de flor de sal
- 2 iogurtes naturais
- paraguaios descascados e laminados


Preparação:
Comece por preparar as 2 gelatinas de pêssego conforme as instruções na embalagem, coloque na forma que pretende usar e leve ao frigorifico para solidificar.
Descasque e lamine os paraguaios e disponha por toda a superfície das gelatinas que solidificaram.
Quando está a começar a solidificar, comece a preparar a outra gelatina, mas desta vez só com metade da água indicada na embalagem. Enquanto arrefece, bata as claras em castelo com a flor de sal e reserve. Descasque e lamine os paraguaios e disponha por toda a superfície das gelatinas que solidificaram. 
Junte os iogurtes à gelatina e mexa bem de seguida junte as claras em castelo em pequenas porções de cada vez, mexendo cuidadosamente em movimentos circulares de cima para baixo e verta na forma. Leve ao frigorifico para solidificar totalmente.
Na hora de servir, descole as bordas da sobremesa e mergulhe por breves segundos o exterior da forma em água morna e agite até sentir que se soltou e está pronta a desenformar e servir!





Espero que gostem!

By Carla

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Bolo Floresta Negra [ sem açúcar, sem glúten, low carb]



O tema deste mês para o Sweet World é o Bolo Floresta Negra ...

estou numa de reduzir açúcar e mais uns afins ... mas sweet world é para mim tão importante... cada vez mais faz sentido esforçarmo-nos para promover coisas boas, para o mundo se tornar mais e melhor e como gulosa que sou, estava num dilema ... a tentação do bolo ... e a minha dieta ... até que uma luz se fez na minha cabeça, e vou ter o meu bolo floresta negra numa versão mais saudável, e se bem pensei assim decidi fazer ... 
Fiquei tão feliz com o resultado! :)
Já sabem que meus olhos são tão gulosos quanto eu ...
E neste caso, fica tão lindo e bom, que é incrivel, como se consegue fazer um bolinho saudável, sem açúcar nem farinhas refinadas ... hummm ... adoro ... e espero que gostem tanto quanto eu ...
desgracem-se com esta delicia que é totalmente permitido ;)
Os homens cá de casa nem sonham que este bolinho não leva açúcar :D
são as minhas cobaias ... comem, pedem mais e isso é um feito para gulosos como eles que adoram gomas que são super doces ...

Inspirei-me nestas panquecas deliciosas que ficam sempre bem e toca por mãos na massa...

Esta receita não é para um bolo grande como os que costumo vos mostrar ... mas um bolo que se faz num instante e serve 4 fatias ... para se deliciarem, mas sem exageros ;) e ficarem com vontade de fazer mais e mais vezes :)


Bolo
Floresta Negra

Ingredientes para o bolo:
- 2 ovos
- 1 banana
- 1 e 1/2 colheres sopa coco ralado
- cacau em pó a gosto
- 1 colher de sopa de linhaça triturada
- 1 colher de chá manteiga de amêndoa (facultativo)
- 1/2 colher de chá de fermento


Ingredientes para o creme:
- 2 iogurtes gregos naturais
- ½ saqueta de gelatina neutra
- sumo de cerejas
- 1 fio de mel (facultativo)

Cobertura e recheio:
- cerejas descaroçadas
- lascas de chocolate

Preparação:
Dependendo do tamanho dos ovos e banana ou até do recipiente que usarem, o bolo vai crescer mais ou menos ... no meu caso cresceu suficiente que só tive de fazer 2 vezes esta receita, cortei a meio, deixei arrefecer e só usei 3 partes. O pirex que uso tem cerca de 12 cm.
Para preparar o bolo, coloque na liquidificadora (ou use um copo para triturar com a varinha mágica)todos os ingredientes e triture bem, verta o preparado para o recipiente que possa ir ao microondas e deixe cozinhar 3 minutos. Verifique se já está sólido ao centro e se sim transfira para uma rede para poder arrefecer completamente.

Para o recheio e cobertura usei iogurte grego. O meu não estava bem escorrido, bem espesso, mas ao juntar o sumo das cerejas ficou mais liquido, então dilui metade de uma saqueta de gelatina neutra e juntei ao iogurte, coloquei no frigorifico e ficou mais espesso, perfeito para o recheio. Antes de colocar no frigorifico, prove, se desejar mais doce coloque um fio de mel.( Para obter o sumo, triturei algumas cerejas e espremi. Estavam bem maduras cheias de um belo doce, e colorido sumo).
Descarocem as cerejas necessárias para o recheio e decoração.
Na montagem do bolo coloquem um disco do bolo, cubram com uma parte do creme de iogurte, disponham as cerejas e lascas de chocolate, coloquem outro disco de bolo por cima pressione ligeiramente para aderir bem, coloquem de novo creme, cerejas e lascas de chocolate e coloquem por cima o ultimo disco do bolo, cubram com restante creme, decore com cerejas e as lascas de chocolate.
Leve ao frio até à hora de servir.




  



Notas: para uma próxima vez que faça este bolo, vou juntar uma clara de ovo batida em castelo ao creme de iogurte para ficar mais fofinho tipo uma nuvem ... adoro essa textura.
Podem optar por usar outro creme que prefiram.
As lascas de chocolate podem fazer facilmente ao derreterem uns quadradinhos de chocolate negro no microondas, depois vertem sobre uma folha de papel vegetal e espalhe com o verso de uma colher de sopa para ficar uma camada fina, mas não muito fina. leve ao frigorifico para começar a solidificar e quando estiver a ficar baço, retire e enrole o papel o mais fino que conseguir e leve ao frigorifico ou congelador (consoante a pressa) para solidificar totalmente ... para usar basta ir desenrolando o papel e fazer soltar as lascas de chocolate que ficam arredondadas, lindas e bem apetitosas... se sobrar pode manter o papel enrolado no frigorifico até pretender usar novamente. Ficam mesmo bem as lascas de chocolate neste bolo :p
Aconselho a provarem as partes do bolo conforme vão fazendo, se acharem que não está doce suficiente, recorram a mel por exemplo.
Com os tempos o meu paladar em relação aos doces, felizmente tem vindo a "curar-se" ... o que antes adorava agora acho muito doce ... 

Espero que gostem e se deliciem com esta minha versão do Bolo Floresta Negra saudável! ;)

By Carla

sábado, 16 de julho de 2016

Bolo Japonês de Morango e Chantilly



Há dias eu e a minha twin sister festejamos o nosso aniversário ... e tinha claro de haver bolo ...

e que bolo!...



Quando vi este lindo que a Patrícia partilhou no seu Blogue Coco e Baunilha ao meus olhos arregalaram-se e despertou enorme vontade de o fazer para o meu aniversário e da minha twin sister.
Todos sabem que não sou muito adepta de corantes … raramente uso … prefiro usar corantes naturais que obtenho com os alimentos que dispomos na natureza.
No entanto, uma vez não são vezes  e esta beleza falou mais alto, tinha mesmo de ser este o meu bolo de aniversário  e a twin também concordou, então venha ele …
E ainda bem que experimentei, porque foi uma deliciosa experiência! Desde muito jovem que os bolos e sobremesas são a minha perdição na cozinha …
Já fiz muitos bons bolos e lindos, mas este, sem duvida posso garantir que é dos bolos mais lindos e deliciosos que já fiz!

Reforço ainda um pormenor importante ... um dos ingredientes que fez muito sucesso e funcionou na perfeição neste bolo foi as natas vegetais da Dulcis que usei para o recheio e cobertura. São deliciosas e perfeitas estas natas… para quem não conhece, vem numa embalagem de 1 litro, já são adoçadas e depois de batidas ficam bem firmes e não desmancham! São perfeitas bem fresquinhas … têm mesmo de experimentar.

Se ainda assim não tiverem estas natas e querem mesmo este bolo, sugiro que utilizem o mascarpone e natas gordas (as minhas preferidas são as da Agros), adocem a gosto e juntem essência de baunilha para aromatizar e de certo vão ter também um bom resultado.
A receita que a Patrícia partilhou era pequena para nós, tive de a adaptar para ter um mega bolo de aniversário… deixo aqui as minha sugestão com as alterações que lhe fiz.




Bolo Japonês
de Morango e Chantilly


Ingredientes para o bolo:

- 6 gemas à temperatura ambiente
- 30 gr de açúcar
- 60 ml de leite
- 50 gr de óleo
- 1 saqueta açúcar baunilhado
- corante vermelho qb
- 45 gr de farinha
- 45 gr de amido de milho (Maizena)
- 6 claras, à temperatura ambiente
- Pitada de flor de sal Marnoto
- 1/2 c. de chá de cremor tártaro
- 90 gr de açúcar
- 1 colher de café de fermento
Recheio e cobertura: 

- 1 litro natas vegetais dulcis bem frias
- 1 embalagem de mascarpone 
- morangos, laminados qb
- frutos vermelhos p/ decoração qb

Preparação do Bolo:

Para o meu bolo grande que serve cerca de 20 pessoas fiz duas vezes  a receita para obter as 2 camadas do bolo.
Pré-aquecer o forno a 170ºC. Forrar um tabuleiro de 40x25cm (aprox.) com papel vegetal (não precisa untar).
Numa taça bem limpa, bata as claras com a flor de sal. Assim que começar em a formar bolhas junte o cremor tártaro e continue a bater. Assim que se formar espuma junte o açúcar (90gr) gradualmente e continue a bater até obter um merengue brilhante e picos firmes.
Noutra taça junte as gemas com 30 gr de açúcar e bata ligeiramente com a vara de arames. Junte o corante e misture bem. Adicione o leite, o óleo e açúcar baunilhado e mexa até ficar homogéneo.
Incorpore a farinha + amido de milho + fermento peneirados até ficar homogéneo. Junte mais corante se desejar.

Envolva as claras delicadamente com uma espátula na mistura de gemas, até ficar homogéneo.
Levar ao forno a 160ºC cerca de 30 minutos. Retirar do forno e deixar arrefecer em cima de uma grade.
Preparação do Recheio e Cobertura:
Lamine os morangos e reserve.
Bata o mascarpone até ficar macio. Junte as natas bem frias e bata até ficar bem firme.
Montagem do Bolo:
Quando os bolos estiverem frios, recorte e acertar as margens com uma faca, caso necessário.
Coloque um deles no prato de servir e espalhe por cima uma camada de creme de natas. Distribua lâminas de morango em toda a superfície e cobra-os com outra camada de creme, alisando a superfície.
Coloque por cima o outro bolo e endireite.
Barre todo o bolo com o creme restante, alisando com uma espátula. Decore a gosto com frutos vermelhos. Reserve no frigorífico até há hora de servir.
Este bolo é delicioso servido bem fresco. Como está muito calor, se achar que o frigorifico não é suficiente, coloque o bolo no congelador uma hora antes de servir, de forma a que fique bem fresco, mas sem congelar. Desta forma as fatias ficam firmes e lindas.
Na hora de servir corte o bolo de forma a obter retângulos direitinhos, pois este  efeito visual é imperdível! Et voilá! Veja sorrisos rasgados e deliciados a olhar a sua obra de arte :)
É um bolo tão lindo como delicioso!



 




 



Espero que gostem! Sorry tantas fotos ... mas estavam tão bonitas! :D
By Carla


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... >